Saúde com Inteligência - Saude On Line


   Digite na caixa abaixo o que você procura:

Pesquise no Google

 

 

 
 

 

 
 

SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - O SEU GUIA DE SAÚDE ON-LINE
 

HOME

DOENÇAS

ASSUNTOS

ARTIGOS

AVISO LEGAL

PUBLICIDADE

CONTATO

 

PEDRA NOS RINS

 

Mentiras e Verdades sobre Pedra nos Rins.

 

Confira aqui, o que está certo e o que está errado sobre o tão indesejado cálculo renal.

 

 

1 - Na maioria dos casos expelir a pedra dói mais que dor de parto? Verdade

 

A maioria das pedras que se formam nos rins, ao serem expelidas podem provocar dor muito forte que começa nas costas e se irradia para o abdômen em direção da região inguinal. É uma dor que se manifesta em cólicas, isto é, com um pico de dor intensa seguido de certo alívio. Em geral, essas crises podem ser acompanhadas por náuseas e vômitos e requerem atendimento médico-hospitalar.

 

 

 

2 - Ingestão de cálcio em excesso forma pedra nos rins? Mentira

 

Todos os estudos mais recentes apontam que a ingestão de cálcio em excesso nada tem haver com formação de cálculos renais. Segundo estes estudos, a ausência do cálcio no organismo pode ser muito mais prejudicial do que o excesso, por diminuir a eliminação de oxalato, substância que compõe as pedras.

 

 

3 - Tratamento utilizando a Litotripsia é totalmente indolor e seguro? Mentira

 

Sem dúvida o método mais utilizado pelos urologistas para eliminação de cálculos renais é a Litotripsia com Ondas de Choque Extracorpórea (LOCE ou LECO), um aparelho que emite ondas de choque tentando fragmentar a pedra no rim. Apesar da grande maioria dos médicos defenderem e indicarem este método, vale ressaltar que o mesmo nem sempre resolve o problema, além de oferecer alguns riscos.

 

Após o tratamento e a prescrição de analgésicos, é comum o paciente receber alta e ir para casa. Durante o período de repouso em casa, deve ficar atento quanto à presença de cólicas e sangramento na urina.

 

Após o tratamento o paciente será alertado para filtrar a urina e separar os fragmentos de cálculos. Caso apresente febre elevada, dor muito intensa, dificuldades para urinar, sangramentos, náuseas e vômitos que não melhoram com os medicamentos receitados, o paciente deve procurar seu médico.

 

Em 30 dias, são realizados novos exames (radiografias e ultrassom), que avaliam se o cálculo foi eliminado ou se ainda existem fragmentos residuais.

 

Os problemas mais comuns relacionados ao uso da litotripsia são hematúria, contusão renal e hematomas perirenais ou pararenais, eritema cutâneo e/ou petéquias, pancreatite aguda, gastroduodenite aguda, arritmias cardíacas ou contusões pulmonares ou ainda em decorrência da migração dos fragmentos: obstrução urinária e cólica renoureteral. Problemas posteriores ao tratamento por litotripcia que podem surgir são o desenvolvimento de diabetes e hipertensão arterial.

 

 

4 - Consumo de cerveja ajuda a evitar a formação de pedra nos rins? Verdade

 

A cerveja estimula o fluxo urinário, portanto, pode sim auxiliar na prevenção, mas não impede totalmente a formação e também não ajuda no tratamento de quem já está com cálculos formados. É um erro acreditar que a cerveja pode dissolver ou ajudar a eliminar pedra nos rins. Depois de estar com um cálculo formado a cerveja não ajuda em nada. Além disso, cerveja é uma bebida alcoólica e deve ser consumida com moderação.

 

 

 

 

5 - Pedra nos rins pode ser um problema genético? Verdade

 

Em muitos casos pode ser. Não é porque seus pais tiveram pedra nos rins que você obrigatoriamente também terá. Mas é importante ficar alerta: cerca de 10% dos casos ocorrem por causa de algum fator genético. Lembre-se de que hábitos de vida também passam de geração em geração. Então, nada como adquirir hábitos de vida mais saudáveis para por fim a essa herança.

 

 

6 - Chá de Quebra Pedra dissolve ou ajuda a eliminar cálculo renal? Mentira

 

O chá de quebra-pedra, uma receita passada de mãe para filha para combater os doloridos cálculos renais, ganha comprovação científica como preventivo, mas não como curativo. É importantíssimo esclarecer que não funciona exatamente como prega a crença popular, quebrando ou dissolvendo as pedras dos rins.

 

O chá de quebra pedra não quebra e nem dissolve cálculos renais, apenas ajuda a evitar que as pedras se formem. Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) estudaram a Phyllantus Niruri, nome científico da planta da qual é feito o chá, e chegaram a conclusão de que realmente se trata de um chá muito eficaz para evitar a formação de pedra nos rins, porém, após as pedras já estarem formadas, o chá de quebra pedra perde sua utilidade, não ajudando no tratamento por não possuir nenhuma ação sobre estas pedras já formadas.

 

Medicamentos elaborados à base de chá de quebra pedra, como por exemplo o fitoterápico dissol, apesar de possuírem um nome sugestivo, ao contrário do que alegam, não dissolvem e nem ajudam diretamente na eliminação das pedras.

 

O consumo do chá de quebra pedra pode ser utilizado como preventivo na formação das pedras, mas definitivamente não serve como tratamento para cálculos renais já formados.

 

 

7 - Falta de exercícios ajuda a provocar cálculo renal? Mentira

 

Não existe nenhum estudo provando que exercícios podem ajudar a evitar a formação de pedra nos rins.

 

 

 

 


Leia também:

 

Mais informações sobre cálculos renais.

 

Quais são os principais sintomas de pedra nos rins.

 

 

Voltar a página inicial do Saúde com Inteligência.

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL ACNE AFTA ALCOOLISMO ALOPECIA ALZHEIMER ARTERIOSCLEROSE ARTRITE ARTROSE BACTÉRIAS BELEZA BELEZA NATURAL BRONQUITE AGUDA BRONQUITE CRÔNICA BICO DE PAPAGAIO BROTOEJA BURSITE CABELOS CÁLCULO BILIAR CÁLCULO RENAL CALVÍCIE CÂNCER CELULITE COLESTEROL CÓLICAS MENSTRUAIS CÓLICA RENAL CORRIMENTO VAGINAL DIABETES DISFUNÇÃO ERÉTIL DENGUE DEPRESSÃO DOR DE GARGANTA EMAGRECIMENTO ENVELHECIMENTO PRECOCE ESPORÃO ESTRESSE ESCLEROSE MÚLTIPLA EXAME DE SANGUE EXAME DE URINA FARINGITE FEBRE FIBROMIALGIA FLATULÊNCIA FALTA DE MEMÓRIA GASTRITE GENGIVITE GLICOSE NO SANGUE GOTA GRIPE GUIA DO BEBE HIPERTENSÃO ARTERIAL HALITOSE HEMOGRAMA HEMORRÓIDAS HEPATITE HERPES HIPNOSE HIPOGLICEMIA HOMEOPATIA IMPOTÊNCIA INFECÇÃO INSÔNIA LARINGITE L-CARNITINA LEUCEMIA LEUCORRÉIA LÚPUS MAGNÉSIO MAL DE PARKINSON MASSAGEM MEMÓRIA MENOPAUSA MINERAIS NÁUSEA NEFRITE NEVRALGIA OSTEOPOROSE OSTEOARTROSE OBESIDADE OLIGOELEMENTOS PANCREATITE PÉ DIABÉTICO PEDRA NOS RINS PEDRA NA VESÍCULA PRESSÃO ALTA PREVENÇÃO DE DOENÇAS PRÍMULA QUEDA DE CABELO QUEIMADURAS QUEIXAS NA GRAVIDEZ RADICAIS LIVRES REJUVENESCIMENTO REUMATISMO SARAMPO SEMENTE DE CHIA SINUSITE SÍFILIS SOLUÇO SÓDIO E POTÁSSIO TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM) TENDINITE TRIGLICERÍDEOS-TRIGLICÉRIDES TROMBOSE TUNEL DO CARPO ÚLCERA UNHA ENCRAVADA URETRITE URTICÁRIA VARICOCELE VARIZES VERMINOSE VERTIGEM VÍRUS ZONZEIRA ZUMBIDO NOS OUVIDOS

calculo renal  calculos renais  Pedra nos Rins  NQI funciona para tratar cálculo renal Cálculos Renal Cogumelo do Sol  NQI Pedra na Vesícula Artrite e Artrose 

nqi   suplementos   acne e espinhas www.jornaldasaude.com.br  www.cloretodemagnesiopa.com.br    www.listahotel.net  www.nqi.com.br  www.medicinaetratamentonatural.com.br  

Esta página e todas as informações contidas neste site são de propriedade SAÚDE COM INTELIGÊNCIA.

Referente a responsabilidade pelo uso das informações aqui contidas leia nosso DISCLAIMER.

Nenhuma parte deste website pode ser reproduzida sem a expressa autorização.
SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - © 2007 - 2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - Todos os direitos reservados.

Pedra nos rins.