Pancreatite pode ser cronica ou aguda. Pancreatite tem cura, até mesmo a aguda. A doença costuma atingir homens e mulheres a partir dos 40 anos de idade. Entenda como esta doença altera a digestão e complica a sintese de hormônios em nosso corpo. Leia tudo, fique informado e previna-se. No caso da pancreatite aguda, ela pode ser causada pela migração de formação de pequenos cálculos biliares que obstruem a porção terminal do colédoco, interrompendo o fluxo das secreções pancreáticas. Essa obstrução provoca processo inflamatório intenso e aumento da glândula por causa do edema, ou seja, do acúmulo de líquido em seu interior. O álcool é causa frequente de pancreatites agudas. Já no caso de pancreatite crônica, o álcool ingerido em grandes quantidades e por tempo prolongado determina alterações no parênquima pancreático, caracterizadas por fibrose e endurecimento, com consequente atrofia do pâncreas. Além disso, o principal duto pancreático conhecido como canal de Wirsung, que mede menos de meio centímetro de diâmetro, fica muito dilatado por causa do depósito de cálculos formados principalmente por cálcio em seu interior. Doentes com pancreatite crônica podem com frequência ter surtos de pancreatite aguda.

 

Saúde com Inteligência - Saude On Line


   Digite na caixa abaixo o que você procura:

Pesquise no Google

 

 

 

SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - O SEU GUIA DE SAÚDE ON-LINE
 

HOME DOENÇAS ASSUNTOS ARTIGOS AVISO LEGAL PUBLICIDADE CONTATO


PANCREATITE

O que é Pancreatite e formas de tratamento.

Pancreatite aguda necessita de tratamento clínico e requer internação hospitalar. O doente sempre deve ficar em jejum e receber hidratação por soro diretamente na veia. Como não existe nenhum medicamento capaz de desinflamar o pâncreas, é preciso deixá-lo em repouso até que a inflamação regrida, o que acontece em mais de 70% dos casos. Os outros 20 a 30% evoluem para uma forma grave da doença, com lesão de órgãos, como pulmões e fígado, além do pâncreas. Esses doentes podem entrar em choque e têm de ser transferidos para a UTI - unidade de terapia intensiva. Nos casos mais graves em que ocorre infecção e necrose da glândula, o tratamento cirúrgico é indicado para a retirada do material necrótico. Já na pancreatite crônica, inicialmente o tratamento também é clínico. Além do controle da dor, nestes casos é preciso deixar o pâncreas em repouso, evitar alimentos gordurosos e adotar uma dieta à base de hidratos de carbono. Os analgésicos devem ser prescritos sempre com muito cuidado. Sempre que possível, deve-se fugir do uso crônico de opioides, para afastar a possibilidade de eventual dependência da droga. Pacientes com diarreia que apresentam insuficiência exócrina devem receber, por via oral, as enzimas pancreáticas (amilase, lípase, etc.) que não produzem. Para os diabéticos, é fundamental o controle do metabolismo da glicose com dieta e, frequentemente, com a administração de medicamentos.

 

 

 

Pancreatite Pancreatite Aguda Pancreatite Crônica Sintomas Causas Diagnóstico Tratamento

 

O que é Pancreatite?

 

A pancreatite é uma inflamação do pâncreas. O pâncreas é uma glândula grande que se localiza atrás do estômago e junto ao duodeno. O duodeno é a parte alta do intestino delgado.

 

O pâncreas secreta enzimas digestivas para o intestino delgado através de um canal chamado de duto pancreático. Estas enzimas ajudam na digestão das gorduras, proteínas e carboidratos dos alimentos.

 

A pancreatite pode ser aguda ou crônica.

Pancreatite tem cura: o que é pancreatite aguda, crônica, sintomas, pancreatite tem tratamento.

PANCREATITE

 

O pâncreas também libera os hormônios insulina e glucagon na corrente sanguínea. Estes hormônios ajudam o corpo a utilizar a glicose que ele toma da comida para transformar em energia.

 

Normalmente as enzimas digestivas não se tornam ativas até que elas atingem o intestino delgado, onde começam a digerir os alimentos. Mas se estas enzimas tornarem-se ativas dentro do pâncreas, elas iniciam a "digestão" do pâncreas por si próprio (auto-digestão).

 

A pancreatite aguda ocorre subitamente e dura por um curto período de tempo e geralmente melhora. A pancreatite crônica não melhora por si só e conduz a uma destruição gradativa do pâncreas. Qualquer uma das formas pode causar complicações sérias.

Nos casos graves, podem ocorrer hemorragia, lesão tecidual e infecção. Pseudocistos, que são acúmulos de líquido e restos de tecido, também podem se desenvolver. As enzimas e toxinas podem entrar na circulação sanguínea, lesar o coração, pulmões e rins, ou outros órgãos.

 

Pancreatite

Imagem da Pancreatite

 

Pâncreas e a Pancreatite

 

 

Previna e trate a Pancreatite

Use VINOVIT - produto natural

a base de semente de uva.

www.suplementostore.com.br

Emagreça com Linolev

Queime gordura localizada e

tenha sua cintura definida com

LINOLEV - Óleo de cártamo.

www.linolev.com.br

Acne e espinhas ?

Saiba tudo sobre acne,

cravos e espinhas.

www.acneeespinhas.org

   

Ads Google

 

 

Possíveis causas da pancreatite

 

Embora seja a causa mais comum, o alcoolismo não é a única causa de pancreatite.

 

As principais causas normalmente são:


- Alcoolismo.
- Duto pancreático bloqueado ou estreitado devido a trauma ou formação de pseudocistos.
- Hereditariedade.
- Causa desconhecida (idopático).

 

Danos decorrentes do abuso de álcool podem não aparecem por muitos anos, e então a pessoa pode ter um ataque súbito de pancreatite. Em até 70% dos pacientes adultos, a pancreatite crônica parece ter sido causada pelo alcoolismo. Essa forma é mais comum em homens, e geralmente desenvolve-se entre os 30 e 40 anos.

Pancreatite hereditária geralmente começa na infância, mas pode não ser diagnosticada por vários anos. Uma pessoa com pancreatite hereditária geralmente tem os sintomas típicos que vão e vêm. O episódios duram de 2 dias a 2 semanas. Um fator determinante no diagnóstico de pancreatite hereditária é a presença da doença em dois ou mais membros da família em mais de uma geração. Tratamento para ataques individuais são geralmente os mesmos da pancreatite aguda. Cirurgia geralmente pode aliviar a dor e ajudar a administrar as complicações.
 

Outras causas de pancreatite são:

Causas da Pancreatite.

- Condições congênitas, como pancreas divisum.
- Fibrose cística.
- Altos níveis de cálcio no sangue (hipercalcemia).
- Altos níveis de gordura no sangue (hiperlipidemia ou hipertrigliceridemia).
- Alguns medicamentos.
- Algumas condições auto-imunes.

 

 

 

Pancreatite Aguda

 

Algumas pessoas têm mais que um ataque e se recuperam completamente após cada um deles, mas a pancreatite pode ser grave, com risco de vida e muitas complicações. Milhares de casos ocorrem a cada ano, cerca de 20% deles são graves. Ao contrário da crônica, a pancreatite aguda ocorre mais freqüentemente em mulheres que em homens.

 

 

Pancreatite Crônica

 

Se a agressão ao pâncreas continua, a pancreatite crônica pode se desenvolver. A escola européia (Dr. Sarles) e brasileira (Dr. Mott) - e é o posicionamento do ESADI também - defendem que a pancreatite crônica é uma doença diferente da pancreatite aguda. O alcoólatra, neste caso, já apresenta a pancreatite crônica desde a primeira manifestação da doença, não havendo necessidade de ataques repetidos de pancreatite aguda para a doença se desenvolver.

 

Considera-se, neste caso, que o álcool não é responsável por pancreatite aguda mas por episódios de agudização de uma pancreatite crônica de base, desde o início. A pancreatite crônica ocorre quando as enzimas digestivas atacam e destroem o pâncreas e tecidos vizinhos, causando cicatrização e dor.

 

A causa mais comum de pancreatite crônica é o uso abusivo do álcool por muitos anos, mas a forma crônica também pode ser causada por uma lesão do duto pancreático, num único ataque de pancreatite aguda. Os dutos lesados fazem com que o pâncreas se inflame, o tecido seja destruído e o desenvolvimento de tecido cicatricial.
 


 

 

Voltar a página inicial do Saúde com Inteligência.

 

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL ACNE AFTA ALCOOLISMO ALOPECIA ALZHEIMER ARTERIOSCLEROSE ARTRITE ARTROSE BACTÉRIAS BELEZA BELEZA NATURAL BRONQUITE AGUDA BRONQUITE CRÔNICA BICO DE PAPAGAIO BROTOEJA BURSITE CABELOS CÁLCULO BILIAR CÁLCULO RENAL CALVÍCIE CÂNCER CELULITE COLESTEROL CÓLICAS MENSTRUAIS CÓLICA RENAL CORRIMENTO VAGINAL DIABETES DISFUNÇÃO ERÉTIL DENGUE DEPRESSÃO DOR DE GARGANTA EMAGRECIMENTO ENVELHECIMENTO PRECOCE ESPORÃO ESTRESSE ESCLEROSE MÚLTIPLA EXAME DE SANGUE EXAME DE URINA FARINGITE FEBRE FIBROMIALGIA FLATULÊNCIA FALTA DE MEMÓRIA GASTRITE GENGIVITE GLICOSE NO SANGUE GOTA GRIPE GUIA DO BEBE HIPERTENSÃO ARTERIAL HALITOSE HEMOGRAMA HEMORRÓIDAS HEPATITE HERPES HIPNOSE HIPOGLICEMIA HOMEOPATIA IMPOTÊNCIA INFECÇÃO INSÔNIA LARINGITE L-CARNITINA LEUCEMIA LEUCORRÉIA LÚPUS MAGNÉSIO MAL DE PARKINSON MASSAGEM MEMÓRIA MENOPAUSA MINERAIS NÁUSEA NEFRITE NEVRALGIA OSTEOPOROSE OSTEOARTROSE OBESIDADE OLIGOELEMENTOS PANCREATITE PÉ DIABÉTICO PEDRA NOS RINS PEDRA NA VESÍCULA PRESSÃO ALTA PREVENÇÃO DE DOENÇAS PRÍMULA QUEDA DE CABELO QUEIMADURAS QUEIXAS NA GRAVIDEZ RADICAIS LIVRES REJUVENESCIMENTO REUMATISMO SARAMPO SEMENTE DE CHIA SINUSITE SÍFILIS SOLUÇO SÓDIO E POTÁSSIO TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM) TENDINITE TRIGLICERÍDEOS-TRIGLICÉRIDES TROMBOSE TUNEL DO CARPO ÚLCERA UNHA ENCRAVADA URETRITE URTICÁRIA VARICOCELE VARIZES VERMINOSE VERTIGEM VÍRUS ZONZEIRA ZUMBIDO NOS OUVIDOS

calculo renal  calculos renais  Pedra nos Rins  NQI funciona para tratar cálculo renal Cálculos Renal Cogumelo do Sol  NQI Pedra na Vesícula Artrite e Artrose 

nqi   suplementos   acne e espinhas www.jornaldasaude.com.br  www.cloretodemagnesiopa.com.br    www.listahotel.net  www.nqi.com.br  www.medicinaetratamentonatural.com.br  

Esta página e todas as informações contidas neste site são de propriedade SAÚDE COM INTELIGÊNCIA.

Referente a responsabilidade pelo uso das informações aqui contidas leia nosso DISCLAIMER.

Nenhuma parte deste website pode ser reproduzida sem a expressa autorização.
SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - © 2007 -  2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - Todos os direitos reservados.

Saiba o que é, sintomas, tratamento, dieta e tudo mais sobre pancreatite.