Leucorreia ou Corrimento Vaginal

A leucorreia ou corrimento vaginal é também chamado de vaginite ou vulvovaginite. São as alterações caracterizadas por um fluxo vaginal anormal, geralmente com volume aumentado, podendo ter ou não cheiro desagradável, irritação, coceira ou ardência na vagina ou na vulva e vontade de urinar freqüentemente. É um dos problemas ginecológicos mais comuns e uma das causas mais freqüentes de consulta ao ginecologista.

É normal haver leucorréia ou corrimento vaginal durante os anos reprodutivos. Ela é proveniente da secreção das glândulas cervicais e das glândulas de Bartholin, da descamação das células vaginais e das bactérias presentes na flora vaginal. Nesta fase, a vagina normalmente é resistente às infecções, pois seu epitélio é muito resistente e o seu meio é muito ácido, inibindo o crescimento excessivo dos patógenos. O muco cervical e o fluxo menstrual são alcalinos, assim como a excitação, a relação sexual e o stress, o que causa um aumento do pH vaginal, podendo predispor à vaginite. Na infância são comuns as vulvovaginites inespecíficas causadas por uma higiene inadequada e pela maneira incorreta de realizar a higiene após evacuar. Após a menopausa, há decréscimo na produção de estrógenos, ocorrendo uma modificação no epitélio vaginal, que novamente se torna suscetível às agressões externas. Alguns produtos químicos encontrados em sabões, sabonetes, absorventes e substâncias perfumadas podem causar irritação e desconforto. Leia este artigo e entenda tudo sobre a leucorreia.

 

Saúde com Inteligência - Saude On Line


   Digite na caixa abaixo o que você procura:

Pesquise no Google

 
 
 
 

SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - O SEU GUIA DE SAÚDE ON-LINE
 

 

TUDO SOBRE LEUCORREIA

Leucorreia é a presença do corrimento saindo pelo órgão genital feminino

A genitália não é completamente seca. Diariamente é produzida uma pequena quantidade de secreção que é muito importante para lubrificar o órgão genital durante a relação sexual, protegê-la de outras bactérias e ajudar na hora de engravidar. Esta secreção normal é composta de líquidos, algumas bactérias protetoras naturais do corpo e muco cervical (secreção natural da mulher produzida no colo do útero). Ela é branca ou transparente, não tem cheiro ruim e a quantidade pode variar muito de mulher para mulher, costumando aumentar no período fértil, nos dias mais quentes e com a excitação sexual. Por isso, nem sempre o corrimento vaginal é uma DST. Compreenda tudo sobre a leucorreia.

O que é Leucorreia?

 

A leucorréia é o nome que se dá ao corrimento vaginal, que pode ser crônico ou agudo podendo também provocar coceira e irritação genital. Seu tratamento é feito com o uso antibióticos ou antifúngicos em dose única ou durante 7 ou 10 dias dependendo de cada situação.

 

 

Causas da leucorréia


Saiba o que é leucorreia.
ENTENDA O QUE É A LEUCORREIA

O fluxo vaginal ou corrimento pode ser causando por diversas doenças do aparelho reprodutor, como a inflamação dos ovários ou do útero, candidíase ou mesmo uma simples alergia, por isso um diagnóstico bem feito e o método ideal para identificar e tratar sua causa de forma eficiente.

 

O corrimento vaginal torna-se anormal quando há um desequilíbrio entre os diferentes microorganismos que habitualmente se encontram na genitália (bactérias e fungos) causando uma inflamação do órgão genital (vaginite).

Quando a genitália está inflamada o aspecto do corrimento altera-se, tornando-se mais abundante, com cor branca ou amarelo-esverdeada e com um odor intenso e incômodo. O corrimento anormal geralmente aparece associado a sintomas locais como comichão, ardor ao urinar e dor durante as relações sexuais.

 

 

Como identificar a leucorréia

 

O ginecologista é o médico indicado para avaliar a leucorréia, ele poderá fazer o diagnóstico ao observar o órgão genital, a calcinha, ao avaliar o pH da vagina e se necessário poderá solicitar o papanicolau para maiores esclarecimentos.

 

 

Tratamento para leucorréia

 

Seu tratamento é feito com a toma de medicamentos como:

- 150g de Fluconazol por semana, durante 1 a 12 semanas;
- 2g de Metronidazol em dose única ou 2 comprimidos de 500mg durante 7 dias consecutivos;
- 1g de Azitromicina em dose única ou
- 1g Ciprofloxacina em dose única.

 

Saiba como identificar e qual o tratamento para a leucorréia ou corrimento vaginal.


As infecções podem ser sexualmente transmissíveis, por isso um exame e tratamento dos parceiros sexuais se torna imperativo para o tratamento alcançar resultados.

 

 

 

 

 

 

Leia também:

 

Corrimento Vaginal

 

 


  Digite na caixa abaixo o que você procura:

Pesquise no Google

 


Voltar a página inicial do Saúde com Inteligência.

 

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL ACNE AFTA ALCOOLISMO ALOPECIA ALZHEIMER ARTERIOSCLEROSE ARTRITE ARTROSE BACTÉRIAS BELEZA BELEZA NATURAL BRONQUITE AGUDA BRONQUITE CRÔNICA BICO DE PAPAGAIO BROTOEJA BURSITE CABELOS CÁLCULO BILIAR CÁLCULO RENAL CALVÍCIE CÂNCER CELULITE COLESTEROL CÓLICAS MENSTRUAIS CÓLICA RENAL CORRIMENTO VAGINAL DIABETES DISFUNÇÃO ERÉTIL DENGUE DEPRESSÃO DOR DE GARGANTA EMAGRECIMENTO ENVELHECIMENTO PRECOCE ESPORÃO ESTRESSE ESCLEROSE MÚLTIPLA EXAME DE SANGUE EXAME DE URINA FARINGITE FEBRE FIBROMIALGIA FLATULÊNCIA FALTA DE MEMÓRIA GASTRITE GENGIVITE GLICOSE NO SANGUE GOTA GRIPE GUIA DO BEBE HIPERTENSÃO ARTERIAL HALITOSE HEMOGRAMA HEMORRÓIDAS HEPATITE HERPES HIPNOSE HIPOGLICEMIA HOMEOPATIA IMPOTÊNCIA INFECÇÃO INSÔNIA LARINGITE L-CARNITINA LEUCEMIA LEUCORRÉIA LÚPUS MAGNÉSIO MAL DE PARKINSON MASSAGEM MEMÓRIA MENOPAUSA MINERAIS NÁUSEA NEFRITE NEVRALGIA OSTEOPOROSE OSTEOARTROSE OBESIDADE OLIGOELEMENTOS PANCREATITE PÉ DIABÉTICO PEDRA NOS RINS PEDRA NA VESÍCULA PRESSÃO ALTA PREVENÇÃO DE DOENÇAS PRÍMULA QUEDA DE CABELO QUEIMADURAS QUEIXAS NA GRAVIDEZ RADICAIS LIVRES REJUVENESCIMENTO REUMATISMO SARAMPO SEMENTE DE CHIA SINUSITE SÍFILIS SOLUÇO SÓDIO E POTÁSSIO TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM) TENDINITE TRIGLICERÍDEOS-TRIGLICÉRIDES TROMBOSE TUNEL DO CARPO ÚLCERA UNHA ENCRAVADA URETRITE URTICÁRIA VARICOCELE VARIZES VERMINOSE VERTIGEM VÍRUS ZONZEIRA ZUMBIDO NOS OUVIDOS

calculo renal  calculos renais  Pedra nos Rins  NQI funciona para tratar cálculo renal Cálculos Renal Cogumelo do Sol  NQI Pedra na Vesícula Artrite e Artrose 

nqi   suplementos   acne e espinhas www.jornaldasaude.com.br  www.cloretodemagnesiopa.com.br    www.listahotel.net  www.nqi.com.br  www.medicinaetratamentonatural.com.br  

Esta página e todas as informações contidas neste site são de propriedade SAÚDE COM INTELIGÊNCIA.

Referente a responsabilidade pelo uso das informações aqui contidas leia nosso DISCLAIMER.

Nenhuma parte deste website pode ser reproduzida sem a expressa autorização.
SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - © 2007 -  2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - Todos os direitos reservados.

 

Esta doença é muito comum em mulheres de várias idades, sendo necessário cuidados com a leucorreia.