Tudo sobre o colesterol. Aqui, tem dicas, de alternativas para tratamento de colesterol alto. Entenda tudo sobre o colesterol.

 

Saúde com Inteligência - Saude On Line


   Digite na caixa abaixo o que você procura:

Pesquise no Google

 

 

 
 
 

SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - O SEU GUIA DE SAÚDE ON-LINE

 

HOME DOENÇAS ASSUNTOS ARTIGOS AVISO LEGAL PUBLICIDADE CONTATO

COLESTEROL

O que é colesterol?

 

O colesterol é um tipo de gordura (lipídio) encontrada naturalmente em nosso organismo, fundamental para o seu funcionamento normal. O colesterol é o componente estrutural das membranas celulares em todo nosso corpo e está presente no cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração. Nosso corpo usa o colesterol para produzir vários hormônios, vitamina D e ácidos biliares que ajudam na digestão das gorduras. 70% do colesterol é fabricado pelo nosso próprio organismo, no fígado, enquanto que os outros 30% vêm da dieta.

 

Injustos aqueles que rotulam o colesterol como um dos vilões da saúde. Ao contrário do que muita gente pensa, esse composto funciona como uma espécie de calibrador natural das células, favorecendo a troca de substâncias entre elas. Além disso, o colesterol ainda participa da produção da bílis (fluido produzido pelo fígado para digestão de gorduras) e dos hormônios sexuais.

Colesterol HDL e LDL

A má fama, no entanto, vem da LDL, proteína de baixa densidade que se une ao colesterol para transportá-lo pelo corpo. O problema é que essa proteína acaba deixando rastros de colesterol pelo caminho. Com o tempo, os resíduos se fixam na parede das artérias, formando as placas de gordura prejudiciais à saúde. Para varrer os restos de colesterol espalhados pelo corpo, a HDL entra em ação. Trata-se de um outro tipo de proteína, com alta densidade e especialista em evitar o entupimento das artérias. Eles são os famosos mau e bom colesterol, respectivamente.

 

Colesterol descontrolado
 

Colesterol Alto

O problema denominado de colesterol alto surge quando as taxas de LDL estão mais altas do que deveriam, e a gordura começa ase acumular. "O ideal é que os números de LDL se mantenham baixos e os de HDL altos", aconselha a cardiologista da Unifesp, Maria Tereza Manzoli. As taxas podem ser medidas com exames de sangue e seus valores mínimo e máximo variam de acordo com o estilo de vida que a pessoa leva (sedentária ou praticante de exercícios) e com o peso que apresenta.

Doenças relacionadas aos vasos sanguíneos (no coração, nas pernas e até no cérebro) são o efeito colateral mais comum dos altos níveis de LDL, podendo atingir pernas, coração e até mesmo o cérebro. Para manter seu colesterol no valor ideal, uma alimentação balanceada, evitando gorduras saturadas e não abusando do açúcar, é indispensável. "Além da pré-disposição genética, uma dieta inadequada e a falta de exercícios físicos descontrolam o colesterol", ressalta Maria Tereza.

 
Fuja das carnes gordurosas e de embutidos, como mortadela, presunto e salsicha. Troque o leite e o iogurte integrais por versões desnatadas e substitua os queijos cremosos e amarelos por variações brancas.

 

Por que é importante entender o colesterol?

 

Quando em excesso (hipercolesterolemia), o colesterol pode se depositar nas paredes das artérias, que são os vasos que levam sangue para os órgãos e tecidos, determinando um processo conhecido com arteriosclerose. Se esse depósito ocorre nas artérias coronárias, pode ocorrer angina (dor no peito) e infarto do miocárdio. Se ocorre nas artérias cerebrais pode provocar acidente vascular cerebral (derrame).

 

Portanto o colesterol alto é um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.
 

 

Emagreça com Linolev

Queime gordura localizada e

tenha sua cintura definida com

LINOLEV - Óleo de cártamo.

www.linolev.com.br

Colesterol Alto?

Livre-se dos remédios:

Use VINOVIT. Produto natural

a base de semente de uva.

www.vinovit.com.br

Emagreça com Quitosana

Emagreça com saúde! Compre

Quitosana aqui com o melhor

preço em até 6x sem juros.

www.suplementostore.com.br

   

Google

 

 

Quais são os tipos de colesterol?

Existem 2 tipos de colesterol no sangue. O LDL colesterol (low density lipoprotein) também chamado de "mau" colesterol, que promove o depósito da gordura nas paredes das artérias e corresponde a 75% do total do colesterol em circulação. Quanto maior o LDL-C, maior o risco de problemas.

O HDL colesterol (high density lipoprotein), também chamado de "bom" colesterol, transporta o colesterol das células para o fígado, eliminando-o pela bile e fezes. Fornece proteção contra a arteriosclerose e, se o seu nível está baixo, o risco de doença cardiovascular aumenta.

 

  Desejável Limítrofe Aumentado
Colesterol total <200 mg/dl 200-239 mg/dl >240 mg/dl
LDL-C <130 mg/dl 130-159 mg/dl >160 mg/dl
HDL-C: Proteção Padrão normal Risco
Homem 55 mg/dl 35-54 mg/dl <35 mg/dl
Mulher 65 mg/dl 45-64 mg/dl <35 mg/dl

 

Quem deve cuidar do colesterol?

Todos os adultos acima de 20 anos e qualquer pessoa com antecedentes familiares ou que já apresentou alguma manifestação de arteriosclerose.

 

Quais são as causas do aumento do nível do colesterol?

Existem uma série de fatores que promovem elevação do colesterol. Alguns são modificáveis, pois relacionam-se ao estilo de vida do indivíduo (dieta ou exercício, por exemplo). Outros são inerentes e não podem ser modificados (hereditariedade).

 

Quais os alimentos que produzem aumento de colesterol?

Só encontramos colesterol nos alimentos de origem animal, que são ricos em gorduras do tipo saturada. Assim o colesterol está presente em todas as carnes e seus derivados, frutos do mar, gema de ovo, leite e seus derivados.

Outras fontes de gordura saturada:

• Alimentos industrializados: bolos, biscoitos, chocolates, tortas, sorvetes.
• Alimentos vegetais: côco, banha de côco, azeite de dendê.

As gorduras insaturadas ajudam a diminuir o colesterol sanguíneo, mas por serem muito calóricas e engordar devem ser consumidas com cuidado. Estão presentes nos óleos vegetais (oliva, canola, soja, milho, girassol), nozes, avelãs, abacate, margarinas.

Alimentos de origem vegetal não contêm colesterol .

 

Alguns fatores que você pode controlar

• Exercícios
Exercícios aeróbicos são uma forma de aumentar o HDL-C e reduzir o LDL-C, perder peso e controlar a pressão arterial. Discuta com o seu médico qual o melhor exercício para você.

• Dieta balanceada
O excesso de peso, especialmente a gordura abdominal (barriga), aumenta uma outra substância gordurosa chamada triglicérides. Além disso reduz o nível de HDL-C e aumenta o LDL-C.

• Peso
O excesso de peso tende a aumentar o seu nível de LDL ("mau") colesterol. A perda de peso pode ajudar a diminuir o LDL-C e aumentar os níveis de HDL ("bom") colesterol.

 

Alguns fatores que você não pode controlar

• Sexo - Homens têm maior risco de apresentar colesterol elevado que as mulheres. Mas depois da menopausa, o LDL-C da mulher aumenta e o HDL-C diminui.

• Idade - O colesterol aumenta com a idade. Nos homens isso ocorre a partir dos 45 anos e nas mulheres a partir dos 55 anos.

• Hereditariedade - Os genes podem influenciar o nível do LDL ("mau") colesterol através da velocidade com que o mesmo é produzido e removido do sangue.

 

Será que meu nível de colesterol é alto?

Normalmente a elevação dos níveis do colesterol não provoca sintomas. O primeiro sinal pode ser um ataque do coração. A única forma de saber o seu colesterol é através de exame de sangue. Pergunte ao seu médico.

 

 

 

Como posso controlar o meu colesterol?

Através de uma alimentação balanceada, da perda de peso (se você for obeso) e da realização de exercícios físicos você estará colaborando para que o seu colesterol esteja dentro dos níveis normais. Lembre-se, entretanto, que qualquer uma destas condutas só poderá ser tomada junto com o seu médico.

Às vezes, apesar de tudo isso, o colesterol pode permanecer elevado. Poderá então ser necessária a administração de algum medicamento redutor de colesterol, que somente poderá ser prescrito pelo seu médico.

 

Cápsulas de semente de uva contra o colesterol?

Cápsulas de semente de uva em pó aumentam o colesterol HDL, considerado o bom colesterol, além de conter grandes doses de uma substância chamada resveratrol, que comprovadamente inibe o agrupamento de plaquetas e, conseqüentemente, a formação de coágulos sangüíneos.

Uva

Isso mesmo, as sementes de uva usadas regularmente podem ajudar a baixar os níveis de colesterol ruim e aumentar os níveis de colesterol bom. Pesquisas e estudos clínicos revelaram que as substâncias químicas encontradas nas sementes de uva ajudam a dilatar as artérias e conseqüentemente, regulam a pressão sanguínea.

 

Do ponto de vista terapêutico, as cápsulas de sementes de uva em pó tratam-se de um elemento poderoso, podendo: fornecer energia, estimular as funções hepáticas, combater a acidez sanguínea, estimular o sistema digestivo acelerando o metabolismo; e ainda pode ser utilizado em dietas de emagrecimento, pois desintoxica o corpo de várias maneiras.

 

As cápsulas de sementes de uva em pó são ricas em vitaminas, minerais e contém cerca de 20 antioxidantes, conferindo-lhe também sua eficácia no combate ao envelhecimento e aos temíveis Radicais Livres.

 

As sementes de uva contêm flavonóides, ácidos fenólicos e resveratrol. Flavonoides são antioxidantes e inibem a formação dos Radicais Livres. Os compostos fenólicos possuem várias propriedades biológicas que podem contribuir para um efeito cardioprotetor, incluindo a habilidade de inibir as atividades de agregação plaquetária e formação de trombose. O resveratrol é conhecido entre o meio científico como a fonte da juventude, pois pode impedir o aparecimento ou auxiliar no tratamento de inúmeras doenças, além de manter a pessoa com o aspecto mais jovem e aumentar a qualidade de vida. O resveratrol ajuda a diminuir os níveis de lipoproteínas de baixa densidade, também conhecidas como colesterol LDL (mau colesterol) e aumentar os níveis de lipoproteínas de alta densidade, o colesterol HDL (bom colesterol). É bom lembrar que o LDL é o principal responsável pela formação de placas nas artérias e riscos para a aterosclerose, que causa a obstrução dos vasos sangüíneos. O resveratrol também favorece a produção, pelo fígado, do HDL, que ajuda a reduzir a produção do LDL e impede a oxidação do LDL circulante. Daí seu efeito antioxidante de extrema importância na proteção cardiovascular e até, como mostram estudos clínicos, anticancerígeno. Recentemente, foi descoberta também a procianidina, outro polifenol encontrado nas sementes de uva, que funciona como vaso dilatador também na proteção do sistema cardiovascular.

 

É importante frisar que os estudos, assim como os casos clínicos acompanhados,  mostram que as substancias presentes nas sementes de uva, são muito mais eficazes quando utilizadas por meio de suplementos alimentares, como as cápsulas de sementes de uva por exemplo, pois desta forma a quantidade de flavonóides, ácidos fenólicos, resveratrol e procianidina são potencializadas. Infelizmente, o que se consome de resveratrol por exemplo em um cacho de uvas ou no vinho é ínfimo. A quantidade diária ideal da substancia (que pode ser encontrada em 2 ou 3 cápsulas de sementes de uva) seria encontrada, por exemplo, em 60 garrafas de vinho. E coma alcoólico definitivamente não combina com saúde e nem com eterna juventude.

 

Veja também o artigo: Alternativas para tratar o problema do colesterol.

 

 

 

 

Voltar a página inicial do Saúde com Inteligência.

 

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL ACNE AFTA ALCOOLISMO ALOPECIA ALZHEIMER ARTERIOSCLEROSE ARTRITE ARTROSE BACTÉRIAS BELEZA BELEZA NATURAL BRONQUITE AGUDA BRONQUITE CRÔNICA BICO DE PAPAGAIO BROTOEJA BURSITE CABELOS CÁLCULO BILIAR CÁLCULO RENAL CALVÍCIE CÂNCER CELULITE COLESTEROL CÓLICAS MENSTRUAIS CÓLICA RENAL CORRIMENTO VAGINAL DIABETES DISFUNÇÃO ERÉTIL DENGUE DEPRESSÃO DOR DE GARGANTA EMAGRECIMENTO ENVELHECIMENTO PRECOCE ESPORÃO ESTRESSE ESCLEROSE MÚLTIPLA EXAME DE SANGUE EXAME DE URINA FARINGITE FEBRE FIBROMIALGIA FLATULÊNCIA FALTA DE MEMÓRIA GASTRITE GENGIVITE GLICOSE NO SANGUE GOTA GRIPE GUIA DO BEBE HIPERTENSÃO ARTERIAL HALITOSE HEMOGRAMA HEMORRÓIDAS HEPATITE HERPES HIPNOSE HIPOGLICEMIA HOMEOPATIA IMPOTÊNCIA INFECÇÃO INSÔNIA LARINGITE L-CARNITINA LEUCEMIA LEUCORRÉIA LÚPUS MAGNÉSIO MAL DE PARKINSON MASSAGEM MEMÓRIA MENOPAUSA MINERAIS NÁUSEA NEFRITE NEVRALGIA OSTEOPOROSE OSTEOARTROSE OBESIDADE OLIGOELEMENTOS PANCREATITE PÉ DIABÉTICO PEDRA NOS RINS PEDRA NA VESÍCULA PRESSÃO ALTA PREVENÇÃO DE DOENÇAS PRÍMULA QUEDA DE CABELO QUEIMADURAS QUEIXAS NA GRAVIDEZ RADICAIS LIVRES REJUVENESCIMENTO REUMATISMO SARAMPO SEMENTE DE CHIA SINUSITE SÍFILIS SOLUÇO SÓDIO E POTÁSSIO TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM) TENDINITE TRIGLICERÍDEOS-TRIGLICÉRIDES TROMBOSE TUNEL DO CARPO ÚLCERA UNHA ENCRAVADA URETRITE URTICÁRIA VARICOCELE VARIZES VERMINOSE VERTIGEM VÍRUS ZONZEIRA ZUMBIDO NOS OUVIDOS

calculo renal  calculos renais  Pedra nos Rins  NQI funciona para tratar cálculo renal Cálculos Renal Cogumelo do Sol  NQI Pedra na Vesícula Artrite e Artrose 

nqi   suplementos   acne e espinhas www.jornaldasaude.com.br  www.cloretodemagnesiopa.com.br    www.listahotel.net  www.nqi.com.br  www.medicinaetratamentonatural.com.br  

Esta página e todas as informações contidas neste site são de propriedade SAÚDE COM INTELIGÊNCIA.

Referente a responsabilidade pelo uso das informações aqui contidas leia nosso DISCLAIMER.

Nenhuma parte deste website pode ser reproduzida sem a expressa autorização.
SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - © 2007 -  2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - Todos os direitos reservados.

Colesterol.