Tudo sobre Celulite. Várias informações sobre Celulite, prevenção e formas de tratamento. Aqui, tem dicas, de como reduzir e evitar a celulite de forma natural. Veja: acabar com a celulite, celulite como acabar, semente de uva, resveratrol.

 

Saúde com Inteligência - Saude On Line


   Digite na caixa abaixo o que você procura:

Pesquise no Google

 

 

 
 
 

SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - O SEU GUIA DE SAÚDE ON-LINE
 

HOME DOENÇAS ASSUNTOS ARTIGOS AVISO LEGAL PUBLICIDADE CONTATO

 

 

 

CELULITE

Saiba mais sobre o que é Celulite, como evitar e as formas de tratamento.

 

O que é celulite? (Lipodistrofia ginóide)

 

A celulite é um problema estético que acontece em cerca de 95% das mulheres e raramente nos homens. Aparece em pessoas magras, obesas e normais, por isso não está relacionada à obesidade.


A celulite é também conhecida pelo nome de lipoesclerose ou fibroedemaginóide.

 

A celulite é uma alteração histológica que ocorre no tecido subcutâneo que afeta a homens e mulheres, sendo que mulheres são as mais acometidas. A celulite geralmente torna-se evidente a partir da adolescência, entretanto, atualmente, constamos que as crianças, principalmente meninas já são vítimas desta doença das células do tecido subcutâneo.

Celulite
CELULITE - LIPODISTROFIA GINÓIDE

 

A celulite é um fantasma na vida da mulher e, talvez a maior inimiga. Nove entre dez mulheres sofrem com o problema, seja na forma mais suave ou no estágio avançado, onde as depressões e saliências estão acentuadas.

A medicina estética possui um arsenal eficiente de tratamentos. Às vezes, é preciso combinar várias técnicas. É preciso colaborar: praticar atividade física, manter uma alimentação saudável e beber bastante água. Os tratamentos podem recuperar a região afetada, mas precisam começar logo que surgir o problema.

Celulite como o próprio nome sugere, é uma inflamação da célula. A celulite ocorre a nível das células do tecido subcutâneo, onde a microcirculação dos capilares (pequenos e finos vasos) no tecido adiposo encontra-se deficiente.


Como se forma a celulite?
 
Na puberdade, o estrogênio (hormônio feminino) passa a ser produzido em maior quantidade, fazendo com que aumente a retenção de líquido provocando uma concentração de gordura nas regiões como: pernas, abdômen, quadris, culotes, nádegas e coxas.

Normalmente, as células de gordura recebem oxigênio e nutrientes, e liberam água e toxinas. Quando não se consegue mais estabelecer esse mecanismo, essas células incham e comprimem os vasos sanguíneos, causando alteração de tecidos elásticos como elastina e colágeno.

Celulite
CELULITE


Quais as causas da celulite?

Atualmente, a celulite é considerada uma doença e não uma simples deformação estética. A celulite manifesta-se no tecido conjuntivo localizado embaixo da pele, devido à soma de várias alterações que são acionadas por diversos fatores, como herança genética, sedentarismo, problemas circulatórios, alimentação inadequada, cigarro, álcool, estresse e desequilíbrio hormonal.

Estes fatores determinam várias modificações, como a compressão dos vasos locais e a projeção do tecido gorduroso, o que ocasiona as conhecidas ondulações.

 

Quais os estágios da celulite?

A celulite apresenta-se sob a forma de vários estágios, e de acordo com estágio em que se encontra as manifestações cutâneas mostram-se mais exacerbadas. A seguir veremos os quatro estágios em que a celulite evolui.

Estágio I: há uma alteração das células do tecido adiposo, porém a região afetada não apresenta modificação circulatória e nem dos tecidos de sustentação, apenas uma dilatação venosa. Não há sinais visíveis na pele nem dor neste estágio da celulite.

Estágio II: neste estágio a celulite caracteriza-se por uma alteração circulatória por compressão das microveias e vasos linfáticos. O sangue e a linfa, líquido que banha as células, ficam represados e, conseqüentemente, ocorre um edema intercelular. Também há, um endurecimento do tecido de sustentação e as irregularidades na pele ficam aparentes, mas ainda não existe dor.

Estágio III: a celulite neste estágio apresenta o aspecto casca de laranja e fica dolorida. A fibrose se instala e a circulação acaba comprometida. Podem aparecer vasinhos e microvarizes e uma sensação de peso e cansaço nas pernas.

Estágio IV: é a fase considerada mais grave, com as fibras mais duras, formando nódulos, e a circulação prejudicada. A pele apresenta depressões e tem aspecto acolchoado. As pernas ficam pesadas, inchadas e doloridas e a sensação de cansaço é freqüente, mesmo sem esforço. Neste caso, os tratamentos são demorados e com melhora parcial. O problema exige rigorosa avaliação médica e até intervenção cirúrgica com sub incision e lipoescultura, principalmente se houver gordura localizada e depressões no tecido adiposo.

 

Como diagnosticar a celulite?

Para se diagnosticar a celulite existem exames específicos como a videocapilaroscopia por fibra ótica, videotermografia computadorizada e ultra-som. Mas a celulite é uma doença facilmente reconhecida pela textura da pele: há um endurecimento do tecido de sustentação e a formação de nódulos.

Além destes métodos citados acima, existem também outras maneiras de diagnosticar a celulite, sendo elas:

- Termografia cutânea: método obtido por meio de contato por cristais líquidos microencapsulados, um elemento importante para a prática de diagnóstico da celulite, além de ser econômico. Com este método, poderemos ver através de cores (cromaticidade) a irrigação sangüínea da pele e do tecido subcutâneo, determinando as áreas celulíticas.

- Termomeria cutânea: método que dá resultado exato, realiza-se através de diversos tipos de termômetros e permite observar ou precisar os pontos mais frios e quentes.

- Xeroradiografia: é uma técnica que permite assimilar a presença de áreas nas quais o tecido tem maior ou menor densidade, bem como permite observar a diversidade de estruturas se são duras ou moles, assim como a passagem entre os tecidos, diferenças entre o tecido cutâneo, subcut6aneo e muscular e as modificações que podem produzir-se nesses tecidos.

As partes mais vulneráveis para o surgimento da celulite são os glúteos, a lateral, face interna e posterior da coxa, o abdomem, a parte posterior e lateral dos braços e a face interna dos joelhos.

Celulite em todo o corpo

 

Quais os tratamentos para eliminar a celulite?

Drenagem linfática: indicada, seja qual for a intensidade do problema. Trata-se de uma massagem suave, que facilita o escoamento da linfa, melhorando a circulação sangüínea e eliminando as toxinas. Pode ser feita com as mãos ou com a ajuda de aparelhos, mas sempre por um profissional treinado e que conheça a anatomia linfática.

Endermologia: é um tipo de massagem mecânica realizada através de um aparelho que produz um vácuo suave, que puxa e solta a pele, acompanhado de movimentos que seguem a circulação linfática. Estimula a dissolução dos nódulos e a eliminação da gordura, melhorando muito o processo de celulite.

Indermoterapia: é uma técnica de drenagem linfática com sucção, feita através de ventosas e roletes que exercem compressão sobre os tecidos celulíticos, para que seu aspecto característico seja atenuado. Diminui a extensão da região afetada e melhora apele como um todo.

Celulite tratamento
CELULITE TRATAMENTO

Intrademoterapia: neste tratamento é ministrado via oral ou injetada na região afetada uma medicação lipolítica. Para sucesso desta técnica, a gordura excedente tem que ser eliminada a través de exercícios e coma ajuda de uma reeducação alimentar. Caso contrário, a gordura volta para o local de onde saiu e pode até aumentar. A intradermoterapia deve ser combinada com outras técnicas, como a drenagem linfática manual ou por sucção, para um melhor resultado, pois o método isolado não é capaz de resolver o problema da celulite.

Eletrolipoforese: agulhas finas, semelhantes às usadas na acupuntura, ligadas a um aparelho especial que funciona com eletricidade são introduzidas na pele. Elas transmitem impulsos elétricos que melhoram a microcirculação.

Sub incision: pequena intervenção cirúrgica, recomendada para as depressões provocadas pela celulite mais avançada. Pode ser realizada isoladamente para as depressões mais recentes e rasas, ou associada a uma lipoescultura, no caso das mais antigas. A sub incision simples é feita no consultório, com anestesia local, e a paciente volta para casa logo depois do procedimento. O médico usa uma agulha fina e cortante para romper as fibras enrijecidas, que repuxam a pele em algumas áreas e formam os furinhos. Não precisa de pontos nem deixa cicatriz. O processo é rápido, levando em média 2 minutos para corrigir cada depressão.

Iontoforese: esta técnica consiste na introdução de medicamentos na pele, através de corrente galvânica. Placas específicas são aplicadas na área afetada, ajustadas com bandas elásticas. Sua intensidade varia de 5 a 15 MA, num tempo máximo de 30 minutos. Na metade da seção, inverte-se a polaridade do aparelho. As substâncias utilizadas durante o procedimento são soluções que estimulam a despolimerização dos mucopolissacarídeos do tecido conjuntivo.

Ultra-som: aparelho que emite ondas de baixa freqüência numa profundidade de 3 a 4 cm, agitando as moléculas de água da região, que se colidem com as células adiposas, promovendo a eliminação de gordura e toxinas. Esta técnica não é eficiente para casos críticos de celulite e nem apresenta bons resultados se usada isoladamente.

celulite
CELULITE TRATAMENTO

 

Como prevenir a celulite?

Antes que a celulite se instale, você pode entrar na briga contra esta inimiga. Alguns hábitos, incorporados ao dia-a-dia, podem ser bastante úteis:

- diariamente, após o banho, massageie as pernas e coxas com creme anticelulite. Os movimentos devem ser leves, circulares e ascendentes, desde o tornozelo até o quadril. O mesmo pode ser feito nos braços, indo até o ombro. O processo serve para mobilizar os líquidos acumulados;

- prefira saltos baixos: o uso de salto alto dificulta a circulação;

- respire corretamente, para ajudar a liberar toxinas, relaxar as tensões e auxiliar o sangue na sua função oxigenadora;

- a natação e a hidroginástica são as atividades especialmente aconselhadas no combate à celulite, porque trabalham toda a musculatura de forma harmoniosa, além de massagear os tecidos;

- caso prefira algum outro exercício, escolha um de menor impacto, mais moderado e sem movimentos bruscos, para não agredir os tecidos. Substitua, por exemplo, a corrida pela caminhada;

- sempre que puder, coloque as pernas para o alto, flexione e estenda os dedos dos pés, faça rotação externa, interna, flexão e extensão dos tornozelos, para facilitar o retorno venoso;

- quando ficar muito tempo em pé ou sentada, descanse um pouco com as pernas para cima;

- prefira as peças folgadas e confortáveis. Não use cintas redutoras, que dificultam a circulação venosa e linfática. As roupas justas também prejudicam a circulação;

- aumente a ingestão de frutas e vegetais crus e cozidos;

- troque frituras por assados ou cozidos;

- evite consumir açúcar refinado;

- evite sal em excesso: ele favorece o edema, fator importante no processo da celulite;

- evite refrigerantes e bebidas alcoólicas em geral;

- evite cigarro: a nicotina e o alcatrão aumentam a espessura dos vasos sangüíneos, dificultando a circulação;

- beba bastante água, para ajudar a eliminar as toxinas;

- coma alimentos ricos em fibras (cereais integrais, frutas, verduras), a fim de melhorar seu hábito intestinal.

 

Como combater a celulite?

Atualmente existem alguns suplementos que auxiliam no combate à celulite. A seguir mostraremos sucintamente como tais suplementos agem em nosso organismo.

L-carnitina: tem como objetivo aumentar o consumo das gorduras, com isto auxilia na queima de gorduras nas regiões comprometidas pela celulite;

Castanha-da- índia: a castanha estimula a circulação cutânea e de retorno, auxiliando assim na eliminação de toxinas subcutâneas;

Centelha asiática: da mesma forma que a castanha-da-índia a centella asiática estimula a circulação cutânea e de retorno, auxiliando na eliminação de toxinas subcutâneas;

Ginkgo biloba: o ginkgo atua ativando a microcirculação, aumentando a perfusão de oxigênio aos tecidos;

Semente de uva em cápsulas: o pó de semente de uva encapsulada sem dúvida é o suplemento mais eficiente no combate a celulite, melhorando a circulação do sangue e funcionando como antiinflamatório dos tecidos.


 

Quer combater a Celulite?

Use VINOVIT - produto natural

a base de semente de uva.

www.suplementostore.com.br

Emagreça com Linolev

Queime gordura localizada e

tenha sua cintura definida com

LINOLEV - Óleo de cártamo.

www.linolev.com.br

Pedra nos Rins ?

Prevenção e novos tratamentos.

Verdades e Mitos sobre o tema.

www.calculorenal.org

   

Google

 

Cápsulas de Sementes de Uva para evitar e combater a celulite

 

Uva

Isso mesmo, as sementes de uva usadas regularmente podem impedir a ocorrência de celulite. Pesquisas e estudos clínicos revelaram que as substâncias químicas encontradas nas sementes de uva regulam a pressão sanguínea, melhoram a circulação do sangue e funcionam como antiinflamatório dos tecidos.

 

Do ponto de vista terapêutico, as cápsulas de sementes de uva em pó tratam-se de um elemento poderoso, podendo: fornecer energia, estimular as funções hepáticas, combater a acidez sanguínea, estimular o sistema digestivo acelerando o metabolismo; e ainda pode ser utilizado em dietas de emagrecimento, pois desintoxica o corpo de várias maneiras.

 

As cápsulas de sementes de uva em pó são ricas em vitaminas, minerais e contém cerca de 20 antioxidantes, conferindo-lhe também sua eficácia no combate ao envelhecimento e aos temíveis Radicais Livres.

 

As sementes de uva contêm flavonóides, ácidos fenólicos e resveratrol. Flavonoides são antioxidantes e inibem a formação dos Radicais Livres. Os compostos fenólicos possuem várias propriedades biológicas que podem contribuir para um efeito cardioprotetor, incluindo a habilidade de inibir as atividades de agregação plaquetária e formação de trombose. O resveratrol é conhecido entre o meio científico como a fonte da juventude, pois pode impedir o aparecimento ou auxiliar no tratamento de inúmeras doenças, além de manter a pessoa com o aspecto mais jovem e aumentar a qualidade de vida. O resveratrol ajuda a diminuir os níveis de lipoproteínas de baixa densidade, também conhecidas como colesterol LDL (mau colesterol) e aumentar os níveis de lipoproteínas de alta densidade, o colesterol HDL (bom colesterol). É bom lembrar que o LDL é o principal responsável pela formação de placas nas artérias e riscos para a aterosclerose, que causa a obstrução dos vasos sangüíneos. O resveratrol também favorece a produção, pelo fígado, do HDL, que ajuda a reduzir a produção do LDL e impede a oxidação do LDL circulante. Daí seu efeito antioxidante de extrema importância na proteção cardiovascular e até, como mostram estudos clínicos, anticancerígeno. Recentemente, foi descoberta também a procianidina, outro polifenol encontrado nas sementes de uva, que funciona como vaso dilatador também na proteção do sistema cardiovascular.

 

É importante frisar que os estudos, assim como os casos clínicos acompanhados,  mostram que as substancias presentes nas sementes de uva, são muito mais eficazes quando utilizadas por meio de suplementos alimentares, como as cápsulas de sementes de uva por exemplo, pois desta forma a quantidade de flavonóides, ácidos fenólicos, resveratrol e procianidina são potencializadas. Infelizmente, o que se consome de resveratrol por exemplo em um cacho de uvas ou no vinho é ínfimo. A quantidade diária ideal da substancia (que pode ser encontrada em 2 ou 3 cápsulas de sementes de uva) seria encontrada, por exemplo, em 60 garrafas de vinho. E coma alcoólico definitivamente não combina com combate a celulite ou a qualquer outro tipo de doença e nem com eterna juventude.

 


 

 

Voltar a página inicial do Saúde com Inteligência.

 

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL ACNE AFTA ALCOOLISMO ALOPECIA ALZHEIMER ARTERIOSCLEROSE ARTRITE ARTROSE BACTÉRIAS BELEZA BELEZA NATURAL BRONQUITE AGUDA BRONQUITE CRÔNICA BICO DE PAPAGAIO BROTOEJA BURSITE CABELOS CÁLCULO BILIAR CÁLCULO RENAL CALVÍCIE CÂNCER CELULITE COLESTEROL CÓLICAS MENSTRUAIS CÓLICA RENAL CORRIMENTO VAGINAL DIABETES DISFUNÇÃO ERÉTIL DENGUE DEPRESSÃO DOR DE GARGANTA EMAGRECIMENTO ENVELHECIMENTO PRECOCE ESPORÃO ESTRESSE ESCLEROSE MÚLTIPLA EXAME DE SANGUE EXAME DE URINA FARINGITE FEBRE FIBROMIALGIA FLATULÊNCIA FALTA DE MEMÓRIA GASTRITE GENGIVITE GLICOSE NO SANGUE GOTA GRIPE GUIA DO BEBE HIPERTENSÃO ARTERIAL HALITOSE HEMOGRAMA HEMORRÓIDAS HEPATITE HERPES HIPNOSE HIPOGLICEMIA HOMEOPATIA IMPOTÊNCIA INFECÇÃO INSÔNIA LARINGITE L-CARNITINA LEUCEMIA LEUCORRÉIA LÚPUS MAGNÉSIO MAL DE PARKINSON MASSAGEM MEMÓRIA MENOPAUSA MINERAIS NÁUSEA NEFRITE NEVRALGIA OSTEOPOROSE OSTEOARTROSE OBESIDADE OLIGOELEMENTOS PANCREATITE PÉ DIABÉTICO PEDRA NOS RINS PEDRA NA VESÍCULA PRESSÃO ALTA PREVENÇÃO DE DOENÇAS PRÍMULA QUEDA DE CABELO QUEIMADURAS QUEIXAS NA GRAVIDEZ RADICAIS LIVRES REJUVENESCIMENTO REUMATISMO SARAMPO SEMENTE DE CHIA SINUSITE SÍFILIS SOLUÇO SÓDIO E POTÁSSIO TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM) TENDINITE TRIGLICERÍDEOS-TRIGLICÉRIDES TROMBOSE TUNEL DO CARPO ÚLCERA UNHA ENCRAVADA URETRITE URTICÁRIA VARICOCELE VARIZES VERMINOSE VERTIGEM VÍRUS ZONZEIRA ZUMBIDO NOS OUVIDOS

calculo renal  calculos renais  Pedra nos Rins  NQI funciona para tratar cálculo renal Cálculos Renal Cogumelo do Sol  NQI Pedra na Vesícula Artrite e Artrose 

nqi   suplementos   acne e espinhas www.jornaldasaude.com.br  www.cloretodemagnesiopa.com.br    www.listahotel.net  www.nqi.com.br  www.medicinaetratamentonatural.com.br  

Esta página e todas as informações contidas neste site são de propriedade SAÚDE COM INTELIGÊNCIA.

Referente a responsabilidade pelo uso das informações aqui contidas leia nosso DISCLAIMER.

Nenhuma parte deste website pode ser reproduzida sem a expressa autorização.
SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - © 2007 - 2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - Todos os direitos reservados.

Celulite.