Calvicie, calvice ou queda de cabelo: como evitar

Uma das principais causas da calvície é causada quando o hormônio masculino testosterona é convertido para uma forma chamada de dihidrotestosterona (DHT). O DHT age no folículo capilar reduzindo a produção de cabelo e produzindo fios mais finos e mais fracos. Eventualmente, a produção de cabelo nos folículos cessa. As mulheres também possuem uma pequena quantidade de testosterona, mas o estrógeno diminui seus efeitos até a menopausa, quando a produção de estrógeno é reduzida. É por essa razão que muitas mulheres enfrentam queda de cabelo após a menopausa. Aprenda neste artigo tudo sobre calvice, a calvicie e a queda de cabelo. Muitas informações sobre como evitar, produtos, shampoo, laser e o que fazer para tratamento da calvície e evitar queda de cabelo. Aprenda mesmo como evitar calvice.

 

Saúde com Inteligência - Saude On Line

 

Alopecia ou calvicie tratamentos, shampoo remédios para calvície

Descubra no portal Saúde com Inteligência tudo sobre alopecia, calvicie e queda de cabelo masculino ou feminino. Quando o físico grego Hipócrates notou que a castração prevenia a calvície em eunucos, ele estava observando os efeitos da testosterona sem saber. Nos anos 40, o anatomista James B. Hamilton da Universidade de Yale estudou os efeitos da testosterona na perda de cabelo em dois irmãos gêmeos. Um dos irmãos era calvo. O outro havia sido castrado em uma instituição mental. Quando Hamilton deu ao homem castrado doses de testosterona, seu cabelo caiu e nunca mais cresceu de novo. Tratamentos, indicação de shampoo para queda de cabelo, remédios e produtos para alopécia, calvície e queda de cabelo.

   
ARTIGOS TOP

Beleza

Colágeno

Chia

Linhaça

Quitosana

Soja

Radicais Livres

Prímula

  .


 

Outros artigos

Impotência

Tribulus

Magnésio

Medicos e a Soja

Sódio e Potássio

Suplementos

Queda de Cabelo

Óleo de Linhaça

Oligoelementos

Cogumelo do Sol

NQI funciona

Massagem

Beleza Natural

Beleza da Mulher

Salão de Beleza

Cabelos

Homeopatia

Minerais

Calvície

 

O que é calvice, calvície, queda de cabelo?

Alguns chamam de calvice, outros de calvície, os médicos de alopecia ou alopécia. Logo abaixo do couro cabeludo existem folículos - cerca de 100 mil por pessoa. Um fio de cabelo nasce em cada um desses folículos em um ciclo de três fases distintas. Anágena que é a fase de crescimento, catágena que é a fase intermediária e telógena que é a fase de queda. Cada fio de cabelo cresce cerca de 1,25 cm por mês durante dois a seis anos, e então cai. Se você está vendo vários fios de cabelo na sua escova ou no piso do banheiro de manhã, não pense que está ficando calvo. É normal que as pessoas percam de 50 a 100 fios de cabelo todo dia como parte do ciclo telógeno normal. Entretanto, se caem mais fios do que nascem, se o novo cabelo é mais fino do que o cabelo que caiu ou se o cabelo cai em tufos, provavelmente você está ficando careca. O mais comum mesmo é dizer queda de cabelo mesmo ou calvicie.

 

CALVICIE - QUEDA DE CABELO - ALOPECIA
Encontre aqui informações sobre calvície, remédios, tratamentos e como evitar a queda de cabelo
 
   
 

Calvície é a rarefação capilar causada por queda acentuada dos cabelos sem reposição dos mesmos.

Por ter início a partir dos 18 anos e evolução contínua e irregular, isto é, com períodos de perdas mais acentuadas intercaladas com períodos de estabilização. Após os 50 anos esta evolução tende a ser mais lenta e homogênea.

Uma vasta cabeleireira preta e densa tem cerca de 150.000 fios.

Já os indivíduos com cabelos finos e claros possuem uma quantidade menor de fios (cerca de 100.000 a 130.000).

calvicie
CALVICIE

 

Perder de 70 a 100 fios de cabelo por dia é normal. Após a queda do fio, a mesma raiz produz um novo fio, iniciando um novo ciclo. Os cabelos crescem cerca de um centímetro por mês.

 

Com a idade, o volume de cabelo diminui naturalmente.

Porque ocorre?

A chamada alopécia androgenética, tem, como o próprio nome diz, origem genética. É portanto, causada por fatores hereditários advindos do lado materno, paterno ou de ambos. Esta "tendência genética" pode pular uma geração inteira ou afetar um irmão e outro não. Isso ocorre quando um lado (paterno ou materno), contém, o código genético para a calvície e o outro não, sendo assim, um irmão pode herdar somente o lado materno e outro somente o lado paterno, porém quando os dois lados possuem forte tendência à calvície, dificilmente os filhos não serão calvos.
 

Saiba porque ocorre a alopecia ou calvicie.

 

Como ocorre a calvicie?

Todos os fios de cabelos caem, pois possuem um ciclo de vida.

Existem apenas dois tipos de cabelo:

1- os que não contém o código genético para calvície;

2- os que contém o código genético para calvície.

Os que não possuem o código genético para calvície, são aquele que caem grossos e que são encontrados na escova, no ralo, no travesseiro. À medida que eles caem, outros exatamente iguais estão sendo repostos no mesmo lugar.

 

Diferentemente, os fios que "possuem o código genético para calvície", quando caem não são repostos.

Extensão da calvicie

 

calvicie masculina

Calvicie Masculina

A calvície masculina pode ser causada por uma alteração genética herdada de uma substância de ocorrência natural chamada DHT. Estudos já realizados de fios de cabelos de couros cabeludos calvos e não-calvos mostraram que, com a calvície de padrão masculino, os níveis de 5-alfa-redutase e DHT no couro cabeludo são consideravelmente altos. A 5-alfa-redutase é importante na formação de DHT e, consequentemente, níveis elevados de DHT estão associados com calvície masculina. A idade em que a calvície inicia e a velocidade do processo é definida pela quantidade de genes herdados dos familiares do lado paterno, materno ou ambos. Ela inicia geralmente com o afinamento, encurtamento, rarefação e despigmentação gradativa dos cabelos nas regiões fronto-temporais da cabeça, aumentando com o tempo e evoluindo para a atrofia e morte dos folículos capilares, mas preservando sempre as áreas laterais e posteriores já que são imunes à ação do DHT.

 

Calvicie Feminina

A queda de cabelos excessiva na mulher caracteriza-se por uma rarefação dos cabelos em torno da raia (local onde se reparte o cabelo), e na zona anterior do couro cabeludo, ao passo que uma estreita faixa frontal é poupada.

A queda total não existe quase nunca na mulher, sendo mais comum a queda difusa e heterogênea, que leva a uma perda de densidade capilar.

Calvície na mulher

Entenda a calvície feminina

Como é a calvice na mulher


Tratamentos para Calvície

Clínicos

É importante deixar claro que se a causa for genética, nenhum tratamento clínico trará seus cabelos de volta, mas retardará muito a evolução de sua calvície. Em alguns casos, ocorre um engrossamento dos fios, dando uma impressão de que cresceu cabelo.

Os mais eficientes são:

- minoxidil: Age melhorando a circulação e consequentemente retardando a queda do cabelo. Isoladamente os resultados são limitados, mas associado com outros tratamentos podem ser obtidos bons resultados

- finasterida: Age bloqueando a ação do dht no bulbo capilar e retardando a calvície. Tem maior efeito e eficácia em homens e nunca deve ser utilizado via oral nas mulheres, apenas tópico e com acompanhamento médico.

- lasecomb: Última tecnologia em termos de tratamento clínico. Estimula a circulação local, retardando a queda e aumentando a espessura dos fios que estavam em processo de calvície.

-outros: Alguns especialistas utilizam tratamentos tópicos realizados em consultório, como a mesoterapia capilar; nesse tratamento, "princípios ativos" são injetados diretamente na derme (pele) do paciente, muitas veses com bons resultados.

O usos de shampoo anti-queda sempre foi muito popular, mas seus resultados são muito limitados. São mais indicados para tratar fatores que contribuem para a queda de cabelo, como a caspa.

-Toppik: Toppik, um produto que pode substituir um implante. Trata-se de um pó - na verdade um complexo de micro fibras de queratina - que adere os fios e dá uma bela maquiada em áreas rarefeitas da cabeça. A combinação das fibras de TOPPIK com os cabelos, mesmo rareados, cria de fato o volume que você espera e deseja. Você pode "modelar" o estilo de penteado, deixando-os do jeito que desejar.

Cirúrgico
 

A solução definitiva para os casos de rarefação capilar importante é a cirurgia de microtransplante capilar. Muitas pessoas não procuram por pura falta de informação. Quando bem indicada os resultados são excelentes e devolvem a auto-estima e o prazer de viver em sociedade.

As indicações são:

- calvícies mais avançadas (graus II e III): mas sempre concomitante com o tratamento clinico pra "frear" a evolução da queda, ou seja, o transplante se encarregará de aumentar o volume capilar e o tratamento clínico de estabilizar a queda.

- correção, sequelas, cicatrizes: queimaduras, cirurgias estéticas faciais, radio terapias, etc...

Evite a queda de cabelo e a calvice

Obs: Somente é indicado o transplante quando a área doadora não estiver afetada, ou seja, tiver boa densidade na parte de trás (perto da nuca) e quando o processo de queda estiver estabilizado.

Calvície tem tratamento cirúrgico.


 


     Leia também:

           Mitos e verdades sobre a queda de cabelo.

 

Voltar a página inicial do Saúde com Inteligência.

 

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL ACNE AFTA ALCOOLISMO ALOPECIA ALZHEIMER ARTERIOSCLEROSE ARTRITE ARTROSE BACTÉRIAS BELEZA BELEZA NATURAL BRONQUITE AGUDA BRONQUITE CRÔNICA BICO DE PAPAGAIO BROTOEJA BURSITE CABELOS CÁLCULO BILIAR CÁLCULO RENAL CALVÍCIE CÂNCER CELULITE COLESTEROL CÓLICAS MENSTRUAIS CÓLICA RENAL CORRIMENTO VAGINAL DIABETES DISFUNÇÃO ERÉTIL DENGUE DEPRESSÃO DOR DE GARGANTA EMAGRECIMENTO ENVELHECIMENTO PRECOCE ESPORÃO ESTRESSE ESCLEROSE MÚLTIPLA EXAME DE SANGUE EXAME DE URINA FARINGITE FEBRE FIBROMIALGIA FLATULÊNCIA FALTA DE MEMÓRIA GASTRITE GENGIVITE GLICOSE NO SANGUE GOTA GRIPE GUIA DO BEBE HIPERTENSÃO ARTERIAL HALITOSE HEMOGRAMA HEMORRÓIDAS HEPATITE HERPES HIPNOSE HIPOGLICEMIA HOMEOPATIA IMPOTÊNCIA INFECÇÃO INSÔNIA LARINGITE L-CARNITINA LEUCEMIA LEUCORRÉIA LÚPUS MAGNÉSIO MAL DE PARKINSON MASSAGEM MEMÓRIA MENOPAUSA MINERAIS NÁUSEA NEFRITE NEVRALGIA OSTEOPOROSE OSTEOARTROSE OBESIDADE OLIGOELEMENTOS PANCREATITE PÉ DIABÉTICO PEDRA NOS RINS PEDRA NA VESÍCULA PRESSÃO ALTA PREVENÇÃO DE DOENÇAS PRÍMULA QUEDA DE CABELO QUEIMADURAS QUEIXAS NA GRAVIDEZ RADICAIS LIVRES REJUVENESCIMENTO REUMATISMO SARAMPO SEMENTE DE CHIA SINUSITE SÍFILIS SOLUÇO SÓDIO E POTÁSSIO TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM) TENDINITE TRIGLICERÍDEOS-TRIGLICÉRIDES TROMBOSE TUNEL DO CARPO ÚLCERA UNHA ENCRAVADA URETRITE URTICÁRIA VARICOCELE VARIZES VERMINOSE VERTIGEM VÍRUS ZONZEIRA ZUMBIDO NOS OUVIDOS

calculo renal  calculos renais  Pedra nos Rins  NQI funciona para tratar cálculo renal Cálculos Renal Cogumelo do Sol  NQI Pedra na Vesícula Artrite e Artrose 

nqi   suplementos   acne e espinhas www.jornaldasaude.com.br  www.cloretodemagnesiopa.com.br    www.listahotel.net  www.nqi.com.br  www.medicinaetratamentonatural.com.br  

Esta página e todas as informações contidas neste site são de propriedade SAÚDE COM INTELIGÊNCIA.

Referente a responsabilidade pelo uso das informações aqui contidas leia nosso DISCLAIMER.

Nenhuma parte deste website pode ser reproduzida sem a expressa autorização.
SAÚDE COM INTELIGÊNCIA - © 2007 -  2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - Todos os direitos reservados.
 

O mais importante agora é se cuidar com tudo o que você aprendeu lendo este texto para evitar a calvicie.